Sábado, 24 de Março de 2012

União Africana inicia caça ao homem impelida pela "força" do Youtube

 

Joseph Kony, líder do LRA

 

A União Africana (UA) vai criar uma força especial para tentar capturar Joseph Kony, líder do Lord's Resistence Army (LRA), ausado de inúmeras barbaridades cometidas em regiões do Uganda, da República Centro Africana e do norte da República Democrática do Congo (RDC).

 

Kony tem um mandado de captura emitido pelo Tribunal Penal Internacional em 2005 e, recentemente, passou para o topo da agenda mediática e política depois do impacto planetário de uma campanha de sensibilização lançada por um activista e à qual o Diplomata fez referência há dias.

 

O vídeo dessa campanha tornou-se no fenómeno viral mais imediato de sempre no Youtube, tendo neste momento mais de 85 milhões vizualisações. 

 

De acordo com informação veiculada pelas Nações Unidas, suspeita-se que Kony, um carniceiro sobre o qual o autor destas linhas já tinha escrito em Outubro de 2009, esteja neste momento na República Centro Africana.

 

A força da UA será composta por tropas do Uganda, do novo país Sudão do Sul, da República Centro Africana e também da RDC. Também os Estados Unidos já enviaram "consultores" militares para o terreno. No entanto, estes esforços podem revelar-se infrutíferos, tendo em conta a vastidão da área na qual Kony se pode refugiar. 

 

Publicado por Alexandre Guerra às 13:58
link do post | comentar
partilhar
Segunda-feira, 12 de Março de 2012

Mais de 74 milhões de pessoas já ficaram a conhecer o carniceiro Joseph Kony

 

 

Esta noite, ao jantar com uma jornalista muita atenta aos assuntos internacionais, o Diplomata ficou a conhecer o projecto da organização Invisible Children, Kony 2012. Um vídeo que, diz o Wall Street, terá sido o mais rápido fenómeno viral de sempre da Internet, revela, de uma forma original, uma campanha com o objectivo de angariar fundos para a captura de Joseph Kony, líder do Lord's Resistence Army (LRA).

 

O vídeo, lançado há dias, gerou alguma controvérsia no início, sobretudo quanto à transparência financeira da Invisible Children, obrigando o seu CEO a explicar melhor a missão e objectivo daquela organização.

 

No entanto, talvez o principal problema tenha sido mesmo o sucesso da iniciativa que, em apenas seis dias, terá batido o recorde do vídeo mais visto no Youtube, indo neste momento com mais de 74 milhões de visualizações.   

 

Por isso, como diz Nina Wegner no Huffington Post, talvez seja altura de as pessoas se preocuparem menos em criticar o projecto e se empenharem mais na captura de Kony. 

 

E a propósito deste carniceiro africano, o Diplomata recorda que em Outubro de 2009 já tinha escrito sobre as suas barbaridades.

 

Publicado por Alexandre Guerra às 23:02
link do post | comentar
partilhar

About

Da autoria de Alexandre Guerra, o blogue O Diplomata foi criado em Fevereiro de 2007, mantendo, desde então, uma actividade regular na blogosfera.

Facebook

O Diplomata

Promote Your Page Too

subscrever feeds

Contacto

maladiplomatica@hotmail.com

tags

todas as tags

pesquisa

arquivos