Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Diplomata

Opinião e Análise de Assuntos Políticos e Relações Internacionais

O Diplomata

Opinião e Análise de Assuntos Políticos e Relações Internacionais

O histórico Tratado de Paz entre Israel e o Egipto celebra amanhã 30 anos

Alexandre Guerra, 25.03.09

 

 

Anwar al Sadat, Jimmy Carter (centro) e Menachem Begin/Foto GPO

 

Israel e o Egipto celebram esta Quinta-feira o 30º Aniversário do Tratado de Paz entre aqueles dois países assinado pelas mãos do Presidente egípcio, Anwar al-Sadat, e do primeiro-ministro israelita, Menachem Begin, sob os auspícios do líder americano Jimmy Carter, nos jardins da Casa Branca.

 

tratado, resultado de secretas mas frutuosas negociações em Camp David , representou uma viragem importante no xadrez geopolítio do Médio Oriente e na forma das superpotências da Guerra Fria se relacionarem com aquela região. 

 

Os Acordos de Camp David de 17 de Setembro de 1978 e o Tratado de Paz de 26 de Março de 1979, demonstraram, pela primeira vez, a aproximação formal de um país árabe ao Estado judaico e vice-versa. Uma confiança que começou a ser forjada tempos antes, num gesto de coragem política rara, quando o Presidente Sadat embarcou numa jornada histórica que o levou até Israel.

 

Durante a sua visita por terras hebraicas, Sadat deslocou-se a 20 de Novembro de 1977 ao Knesset para proferir um discurso em nome da paz para todos. Begin deu a réplica no mesmo dia e no mesmo local. Dois anos depois, a paz era alcançada para aqueles dois Estados.