Quarta-feira, 4 de Julho de 2018

Miss 4th of July

 

Esta Quarta-feira é o dia dos Estados Unidos. Não é apenas o dia da comemoração da sua independência, é o dia em que milhões de americanos, brancos ou pretos, hispânicos ou asiáticos, heteros ou homos (e afins), republicanos ou democratas, evangélicos ou ateus, jovens ou velhos, homens ou mulheres, pais ou filhos, ricos ou pobres, nacionais ou imigrantes, celebram uma certa ideia de União, forjada acima dos preconceitos e dos egoísmos individuais, focada num bem maior e no interesse comum. Celebra uma América apaixonada pelos ideais da liberdade e da igualdade de oportunidades. Mas, tal como a música diz, parece que nos últimos tempos há uma relação emocional que se perdeu. Muitos americanos estão crispados, tristes e desiludidos com a sua América de sempre. A "Miss 4th of July" parece ter perdido o brilho e o poder de sedução de outros tempos, mas a sua beleza e o encanto continuam lá, a chama continua lá, não se apagou. A bem dos Estados Unidos e do mundo, cabe agora aos americanos redescobrirem essa relação e reconciliarem-se com a América que a tantos, tanta inspiração deu.

 

 

Publicado por Alexandre Guerra às 11:03
link do post | comentar
partilhar

About

Da autoria de Alexandre Guerra, o blogue O Diplomata foi criado em Fevereiro de 2007, mantendo, desde então, uma actividade regular na blogosfera.

Facebook

O Diplomata

Promote Your Page Too

subscrever feeds

Contacto

maladiplomatica@hotmail.com

tags

todas as tags

pesquisa

arquivos