Sexta-feira, 25 de Setembro de 2015

Leituras

 

Apesar do seu pessimismo sobre Portugal e, provavelmente, sobre a Humanidade em geral, Vasco Pulido Valente é dos poucos (tal como Henry Kissinger fez na sua muita obra) que tem como modelo de análise o pressuposto do conhecimento histórico para depois passar à análise da actualidade. O texto que hoje assina no Público, Lição das coisas, é um excelente exemplo dessa abordagem politicamente incorrecta e cínica, mas ao mesmo tempo tão racional.

 

tags:
Publicado por Alexandre Guerra às 10:45
link do post | comentar
partilhar

About

Da autoria de Alexandre Guerra, o blogue O Diplomata foi criado em Fevereiro de 2007, mantendo, desde então, uma actividade regular na blogosfera.

Facebook

O Diplomata

Promote Your Page Too

subscrever feeds

Contacto

maladiplomatica@hotmail.com

tags

todas as tags

pesquisa

arquivos