Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Diplomata

Opinião e Análise de Assuntos Políticos e Relações Internacionais

O Diplomata

Opinião e Análise de Assuntos Políticos e Relações Internacionais

Políticas da extrema Direita à extrema Esquerda, em Itália tudo é possível

Alexandre Guerra, 04.06.08


Ao nível do discurso político, a "Esquerda" e a "Direita", através dos seus supostos representantes, têm por hábito monopolizar os valores e os princípios ideológicos que tacitamente lhes são inerentes, negando mutuamente qualquer usufruto ou uso alheio desse mesmo património.



Efectivamente, existe um património ideológico exclusivo da "Esquerda" e da "Direita" que pode ser encontrado nos escritos dos pensadores da Grécia clássica, mas que com a evolução dos modelos de pensamento e das sociedades ao longo dos séculos foi sendo esbatido. 



De tal forma que se chegou a uma invenção chamada de "Centro", uma fórmula que permite hoje em dia aos políticos um maior campo de actuação, pelo menos em termos de discurso. Assim, são cada vez mais raros os partidos assumidamente de "Direita" ou de "Esquerda". A moda é "Centro-Direita" ou "Centro-Esquerda", tudo o resto são extremos. Ora, isto em termos de ciência política clássica não existe, porém, é uma tendência real. Mas, pelos vistos as coisas não ficam por aqui. 



A julgar pela mais recente ideia apresentada pelo ministro italiano das Finanças, Giulio Tremonti, defendendo a criação de um novo imposto sobre o lucro dos combustíveis destinado a ajudar as pessoas mais desfavorecidas, dir-se-ia que a Itália passou a ter um Governo de "Direita-Centro-Esquerda". Porque, na realidade a ideia de Tremonti mais parece ter vindo de uma Esquerda bem profunda do que propriamente do Centro, e muito menos da Direita.



O Governo de Sílvio Berlusconi parece ter assim a capacidade política de apresentar medidas sob inspiração de todo o espectro ideológico: da extrema Direita à extrema Esquerda. Sendo a Itália um país de reconhecidos cientistas políticos, Berlusconi estará certamente a contribuir para a redifinição das doutrinas clássicas das ideias políticas. Alexandre Guerra


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.