Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Diplomata

Opinião e Análise de Assuntos Políticos e Relações Internacionais

O Diplomata

Opinião e Análise de Assuntos Políticos e Relações Internacionais

El Salvador aposta no turismo para reconciliar-se com o passado

Alexandre Guerra, 11.06.12

 

O Cerro de Perquín, zona fustigada durante a guerra civil, no nordeste da região de Morazán, fica próximo do Museo de la Revolución Salvadoreña  

 

El Salvador viveu uma das mais sangrentas guerras civis que assolaram a América Latina nas décadas de 70 e 80. Vinte anos depois de ter terminado, aquele país tenta reconciliar-se com o passado, numa espécie de catarse em que é feita uma abordagem pedagógica e até turística aos locais emblemáticos da revolta guerrilheira contra as forças governamentais. 

 

Mas, num país dilacerado pela guerra civil, onde, apesar de tudo, só passaram 20 anos sobre o final da tragédia, é natural que aquela forma de pacificação espiritual não gere consenso.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.