Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Diplomata

Opinião e Análise de Assuntos Políticos e Relações Internacionais

O Diplomata

Opinião e Análise de Assuntos Políticos e Relações Internacionais

Momentos com história

Alexandre Guerra, 23.01.12

 

Foto: Khaled Elfiqi/Agence France Press - Getty Images (Pool)

 

A abertura da legislatura no parlamento egípcio, esta Segunda-feira no Cairo, resultante das primeiras eleições livres realizadas naquele País em mais de seis décadas, foi bastante turbulenta. Numa câmara dominada por deputados de partidos islamistas (73 por cento), o ambiente que se viveu foi de caos e anarquia, tendo sido necessário os membros da Irmandade Muçulmana (a força política mais representada com 235 assentos do total de 503) fazer valer o seu estatuto para pôr alguma ordem na casa, de modo a proceder-se à eleição do "speaker" daquela assembleia, Saad el Katani. Também na parte de fora do parlamento a confusão estava instalada, provocada pelas manifestações daqueles que celebravam o dia histórico e dos outros que denunciavam a manutenção da influência do Exército na vida política do País.