Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Diplomata

Opinião e Análise de Assuntos Políticos e Relações Internacionais

O Diplomata

Opinião e Análise de Assuntos Políticos e Relações Internacionais

Além de poderosa, Lagarde precisa de ser sedutora para se impor no mundo financeiro

Alexandre Guerra, 17.07.11

 

Foto: Martin Bureau/Getty Images/The Observar

 

Christine Lagarde assumiu recentemente a liderança do FMI e com isso tornou-se uma das mulheres mais poderosas do mundo. Esta fotografia, em que se vê Paris aos "pés" de Lagarde, enquanto esta aguarda serenamente no heliporto do Ministério das Finanças francês, faz parte de um processo de construção de imagem de uma mulher que, além de poderosa e temida, quer-se também sofisticada, envolvente e sedutora. Só assim Lagarde conseguirá impor-se no implacável mundo financeiro, que é dominado sobretudo por homens.

 

A fotografia em causa foi publicada este Domingo no The Observer, para ilustrar um artigo no qual se tenta dar resposta à pergunta se Lagarde é a mulher mais sexy e poderosa do mundo.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.