Terça-feira, 7 de Dezembro de 2010

A visão de Helmut Schmidt sobre a falta de liderança na Europa

 

Ainda sobre a questão da liderança na Europa abordada pelo Diplomata aqui e aqui, o antigo chanceler da defunta República Federal Alemã, Helmut Schmidt, próximo de completar 92 anos, disse em entrevista ao jornal Handelsblatt o seguinte: "It lacks people in high positions in the national states or in the European institutions with sufficient overview of domestic and international questions and sufficient power of judgment."

 

O antigo chanceler do SPD acrescenta ainda que desde que Jacques Delors saiu da presidência da Comissão Europeia em 1994 nunca mais houve na Europa um líder à altura dos desafios do projecto europeu. 

 

Publicado por Alexandre Guerra às 20:58
link do post | comentar
partilhar
1 comentário:
De LICINIO BINGRE DO AMARAL a 8 de Dezembro de 2010 às 23:49
Helmut Schmidt tem razão no que diz. Faltam claramente estadistas de visão à Europa. Os últimos foram Helmuth Kohl, Miterrand, Delors e Aznar. Se alguém como Kohl estivesse hoje ao leme da Alemanha provavelmente uma tentativa estruturada para salvar o Euro e o ideal europeu já estaria em marcha. É necessário que a classe política volte a ter dirigentes de nível, bem preparados e capazes de dirigir e não apenas seguir as sondagens de opinião e mudar de rumo consoante o vento.
Ainda é possível manter o idela europeu, mas cada dia que passa torna-se mais difícil.

LBA

Comentar post

About

Da autoria de Alexandre Guerra, o blogue O Diplomata foi criado em Fevereiro de 2007, mantendo, desde então, uma actividade regular na blogosfera.

Facebook

O Diplomata

Promote Your Page Too

subscrever feeds

Contacto

maladiplomatica@hotmail.com

tags

todas as tags

pesquisa

arquivos