Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Diplomata

Opinião e Análise de Assuntos Políticos e Relações Internacionais

O Diplomata

Opinião e Análise de Assuntos Políticos e Relações Internacionais

Obama avança com proposta de "bill" para pressionar democratas e republicanos

Alexandre Guerra, 22.02.10

 

Alex Brandon/AP

 

O Presidente Barack Obama está a demonstrar, claramente, que pretende ver a reforma de saúde aprovada quanto antes, nem que para isso seja o próprio a tomar as rédeas do processo legislativo, que neste momento está a decorrer no Congresso.
 
Perante o impasse que se verifica na Câmara dos Representantes e no Senado, Obama apresentou esta Segunda-feira uma nova proposta de “bill” que unifica os projectos daquelas duas câmaras. Com esta iniciativa, o Presidente tem como objectivo pressionar republicanos e democratas para desbloquear o processo e aprovar uma versão final do plano para a tão ambicionada reforma de saúde.
 
A proposta apresentada por Obama surge num momento crítico, a poucos dias de um debate televisivo de extrema importância entre democratas e republicanos, precisamente para discutir a problemática da saúde nos Estados Unidos.
 
Da parte dos republicanos, a reacções negativas não se fizeram esperar, através do líder daquele grupo na Câmara dos Representantes, John A. Boehner. Este acusou Obama de estar a proceder a uma aquisição massiva, por parte do Governo, do sistema de saúde. Perante este ataque seria expectável que os democratas daquela câmara viessem em apoio a Obama, mas, efectivamente, neste momento a sua posição é “wait and see”.
 
A tarefa de Obama é bastante difícil, visto que não tem assegurada a votação na Câmara dos Representantes e no Senado. Na primeira, precisará de 217 votos, algo que se adivinha muito difícil, e nesta última, Obama perdeu recentemente o 60º lugar democrata, do Estado do Massachusetts, ficando, assim, sem o privilégio de contornar um eventual veto republicano.
 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.