Quarta-feira, 17 de Junho de 2015

Pontes de confiança destruídas

 

A situação na Grécia degrada-se de dia para dia. O banco central grego veio hoje alertar para um cenário dramático, caso não seja alcançado qualquer acordo entre Atenas e os credores internacionais. Aquela instituição utilizou a expressão de "crise incontrolável" para descrever o que pode vir aí, se os dirigentes políticos gregos e restantes parceiros europeus não chegarem a uma solução consensual.

 

E o problema reside aqui mesmo, porque neste momento está instalado um clima de desconfiança e, até mesmo, de engano e de distorção nas negociações em curso entre o primeiro-ministro Alexis Tsipras e o seu principal interlocutor, o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker. As acusações entre os dois são graves e pouco próprias entre pessoas que fazem parte do mesmo "clube". Juncker chegou mesmo a acusar o Governo grego de estar a dizer coisas aos cidadãos gregos que não foram ditas pelo responsável máximo da Comissão.

 

Ora, há um princípio basilar sem o qual não há qualquer possibilidade de uma negociação ser bem sucedida: a confiança. Sem pontes de confiança é impossível passar-se a uma fase de discussão técnica sobre as questões em causa e, neste momento, essas mesmas pontes parecem estar praticamente destruídas. 

 

tags: ,
Publicado por Alexandre Guerra às 17:06
link do post | comentar
partilhar

About

O Diplomata é um blogue individual e foi criado em Fevereiro de 2007, mantendo, desde então, uma actividade regular na blogosfera.

Facebook

O Diplomata

Promote Your Page Too

Rubricas

Momentos com história; Leituras; Registos; Pontos de interesse; O despacho...; Apontamentos históricos; Dispatches from...

subscrever feeds

Contacto

maladiplomatica@hotmail.com

tags

todas as tags

pesquisa

arquivos