Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2016

Dama de Da Vinci enche de orgulho a Polónia

 

30POLAND-master768.jpg

"Dama com Arminho" de Leonardo Da Vinci’s/Foto: Carl Court/Agence France-Presse — Getty Images

 

Um país que só dependa do seu "hard power" para se posicionar no sistema internacional terá grandes dificuldades para se afirmar como um referencial de valores e princípios que suscitem a admiração e o respeito pelos demais Estados. É por isso que, sobretudo depois do fim da Guerra Fria e com o espoletar da globalização, os governantes virtuosos começaram a dar mais atenção àquilo que é denominado por "soft power". Negócios como aquele que o Governo polaco acabou de fazer, ao comprar por 100 milhões de euros a famosa Colecção Czartoryski, onde se inclui o raríssimo retrato de Leonardo Da Vinci, "Dama com Arminho" (um dos quatro retratos que fez com mulheres), vão cada vez mais além de uma mera questão Cultural, para se tornar uma matéria de poder e prestígio. Aliás, para o conservador Partido Lei e Justiça que está à frente do Governo polaco, esta aquisição é vista como uma matéria de orgulho nacional.

 

Publicado por Alexandre Guerra às 11:33
link do post | comentar
partilhar

About

O Diplomata é um blogue individual e foi criado em Fevereiro de 2007, mantendo, desde então, uma actividade regular na blogosfera.

Facebook

O Diplomata

Promote Your Page Too

Rubricas

Momentos com história; Leituras; Registos; Pontos de interesse; O despacho...; Apontamentos históricos; Dispatches from...

subscrever feeds

Contacto

maladiplomatica@hotmail.com

tags

todas as tags

pesquisa

arquivos