Quarta-feira, 14 de Agosto de 2013

Dilema

 

No Egipto receia-se que a violência que alastra nas ruas se transforme num conflito prolongado de guerrilha urbana entre o Exército e a Irmandade Muçulmana -- esta com capacidade de financiamento e de armamento. Por isso, os opositores ao Presidente deposto, Mohammed Morsi -- desde os mais liberais aos mais conservadores -- precisam que as forças de segurança contenham os homens da Irmandade.

 

Por outro lado, também não querem que o Exército ganhe um controlo absoluto da situação, fazendo do Egipto uma espécie de regime militar autoritário.

 

Entre o radicalismo da Irmandade e o poder absoluto do Exército, as correntes mais liberais e democráticas estão perante um dilema de difícil resolução.

 

Publicado por Alexandre Guerra às 17:16
link do post | comentar
partilhar

About

O Diplomata é um blogue individual e foi criado em Fevereiro de 2007, mantendo, desde então, uma actividade regular na blogosfera.

Facebook

O Diplomata

Promote Your Page Too

Rubricas

Momentos com história; Leituras; Registos; Pontos de interesse; O despacho...; Apontamentos históricos; Dispatches from...

subscrever feeds

Contacto

maladiplomatica@hotmail.com

tags

todas as tags

pesquisa

arquivos