Segunda-feira, 13 de Maio de 2013

Portugal deve estar muito atento ao que se passa na Líbia

 

Há sensivelmente duas semanas, o Diplomata dava conta neste espaço de um artigo do The Guardian sobre a emergência de novas milícias islamitas na Líbia "empurradas" do Mali por causa da intervenção francesa neste país. Hoje, um atentado bombista perto de um hospital em Benghazi provocou a morte de nove pessoas e ferimentos noutras 17.

 

A situação na Líbia tem-se deteriorado nos últimos meses, levando mesmo a que Londres tenha reduzido todo o seu "staff" diplomático. A instabilidade política na Líbia, resultante da queda de Muammar Khadafi e, posteriormente, da intervenção francesa no Mali, deve ser contida quanto antes, por modo a não alastrar à Argélia e a Marrocos.  Mas, para isso, é importante que a União Europeia, nomeadamente os países do Sul, desenvolvam uma estratégia preventiva de "containment", até porque, cada vez mais, se jogam interesses vitais para Portugal nalguns Estados do Magrebe, com Argélia à cabeça.

 

Publicado por Alexandre Guerra às 16:11
link do post | comentar
partilhar

About

O Diplomata é um blogue individual e foi criado em Fevereiro de 2007, mantendo, desde então, uma actividade regular na blogosfera.

Facebook

O Diplomata

Promote Your Page Too

Rubricas

Momentos com história; Leituras; Registos; Pontos de interesse; O despacho...; Apontamentos históricos; Dispatches from...

subscrever feeds

Contacto

maladiplomatica@hotmail.com

tags

todas as tags

pesquisa

arquivos