Quarta-feira, 13 de Março de 2013

É impossível não querer um "brinquedo" destes

 

 

Para o Pentágono não existem dúvidas: o F-35 Joint Strike Fighter é o caça mais completo de sempre. Esta foi uma das certezas avançadas por Frank Kendall, principal negociador do Departamento de Defesa, durante uma conferência em que participou, numa tentativa assumida de proteger aquele programa contra eventuais cortes financeiros.

 

Kendall e alguns responsáveis militares do Pentágono receiam que as restrições orçamentais possam afectar o mais caro programa da história militar americana. O projecto F-35, desenvolvido pela Lockheed Martin, deverá chegar aos 400 mil milhões de dólares, 70 por cento acima do custo inicialmente estimado. Além disso, o programa já vai com sete anos de atraso.

 

Kendall disse sem rodeios que irá tentar "proteger" o F-35, porque os Estados Unidos precisam das suas capacidades, que permitirão àquele caça "dominar os céus" durante as próximas décadas. O Diplomata já tinha feito referência a esta maravilha tecnológica em 2009 e em 2011

 

Neste momento, a Lockheed Martin está a desenvolver três modelos do F-35 para os diferentes ramos das Forças Armadas e conta com oito países parceiros. Em 2011 foram entregues 11 aparelhos e no ano passado 30.

 

Publicado por Alexandre Guerra às 22:07
link do post | comentar
partilhar

About

O Diplomata é um blogue individual e foi criado em Fevereiro de 2007, mantendo, desde então, uma actividade regular na blogosfera.

Facebook

O Diplomata

Promote Your Page Too

Rubricas

Momentos com história; Leituras; Registos; Pontos de interesse; O despacho...; Apontamentos históricos; Dispatches from...

subscrever feeds

Contacto

maladiplomatica@hotmail.com

tags

todas as tags

pesquisa

arquivos